Arquivo da tag: New York

Botanical Garden, NY

Já dissemos em outro post que o The New York Botanical Garden vale a visita, pois, além de fugir daquela confusão generalizada que a capital do mundo proporciona na Times Square, você ainda pode colecionar milhares de imagens fantásticas em qualquer câmera ou mesmo no celular.

O outono é sempre uma data super aguardada, pois o multicolorido dos parques transforma a cidade em milhares de cartões postais e isso, por si só, transformam a visita numa experiência indescritível.

Essa é apenas uma centenas de imagens que tivemos a felicidade de apreciar durante a nossa última visita (Nov, 2016), motivo pelo qual a opção pelo Botanical Garden será sempre recomendado aqui nesse blog e nas redes sociais.

Melhor do que apreciar a imagem é investir um dia para apreciar aquilo que as palavras não são capazes de transmitir.  Desejamos muito que você aprecie a imagem e tenha a feliz oportunidade de conhecer uma das mais belas paisagens de New York.

Reflexos no Central Park

Ah, o Central Park! É de tirar o fôlego em qualquer época do ano, mas o outono e a primavera são especiais. Além do mais, a cidade de Nova Iorque sabe como agradar o turista em qualquer uma de suas atrações.

O Central Park recebe milhares de visitantes todos os dias e, por mais que você visite uma ou duas vezes, você vai voltar todas as vezes em que estiver por lá, pois sempre existem coisas novas para se admirar.

Com um pouco de paciência e disposição, em qualquer local ou ângulo do parque, as imagens são impressionantes. Contudo, bom mesmo é caminhar pelo parque com a disposição de um atleta e o olhar crítico de um artista que não se cansa de apreciar a beleza do lugar.

Simplesmente inesquecível!

 

Cores do Central Park

O Central Park de Nova Iorque é visita obrigatória para turistas do mundo todo, mas é necessário paciência e disposição para admirar os melhores ângulos do parque.

Ao chegar cedo, pode-se aproveitar o sol da manhã, o céu azul da tarde e, com um pouco de sorte, o por-do-sol que, em qualquer época do ano, é sempre perseguido pelos turistas.

As duas lagoas que habitam o parque oferecem paisagens de tirar o fôlego. Nessa imagem é possível presenciar um artista novaiorquino extraindo o melhor do colorido do parque com seus pincéis e a paciência típica de quem sabe apreciar a natureza do lugar.

Em qualquer época do ano, o Central Park oferece imagens e emoções inexplicáveis.

The NY Botanical Garden

O Jardim Botânico de New York é uma experiência surreal, a qual recomendamos para quem gosta de ver algo diferente e lindo em qualquer época do ano.

Geralmente, as pessoas querem se infiltrar naquela multidão da Times Square, da 5a. Avenida ou do World Trade Center, mas o Jardim Botânico, com seus 2,4 hectares de vegetação nativa, é de tirar o fôlego.

Dentro da cúpula há também um Jardim Japonês que vale a visita, com o melhor da arte milenar japonesa de cultivar plantas de várias espécies e flores que transformam a imagem numa bela paisagem.

Quando for a New York, coloque na sua programação, fuja do tradicional e não vai se arrepender. Essa foto é de outubro de 2016, portanto, outono em New York. A primavera também é linda, comparece com outra imagem no site, logo abaixo.

Outono em New York City

New York City é o paraíso dos fotógrafos. Onde quer que você vá existe uma imagem à sua espera, não importa a câmera nem a sua experiência em fotografia.

O Central Park é um convite à fotografia, um festival de cores e tipos diferentes de todas as partes do mundo em qualquer época do ano, mas o outono e a primavera são especiais. Vale a pena conferir.

A foto em questão apresenta a Bow Bridge no primeiro lado do Central Park, a partir da 59th Street, a preferida dos casais que vão ao parque para registrar o seu mágico momento.

New York City sempre vale a pena!

Grand Central Terminal, NY

O Grand Central Terminal é parada obrigatória em Nova Iorque. Como sempre dizemos, não perca isso por nada. O que se vê lá dentro é pura obra de arte, desde o tempo com a representação de diversas constelações da Via Láctea até o subsolo onde você pode apreciar um pequeno mercado com frutas do mundo todo e ainda comer um ótimo cachorro quente.

De lá saem várias linhas do metrô para diversos locais da cidade e ainda se pode apreciar o vaivém de moradores e turistas brigando por um local mais apropriado para uma excelente foto. Podemos dizer que é disputado, mas vale a pena.

O point central é o relógio de ouro no salão principal onde todo mundo quer registrar a presença por meio de selfies e fotos, mas é praticamente impossível sair sozinho, sempre tem alguém do lado ou passando por perto.

Só podemos dizer uma coisa: vale muito a pena, mas tome cuidado, as escadarias em lados opostos são exatamente iguais e você corre o risco de descer por um lado e sair pelo outro. Porém, não há como se perder e só o que você vai ver a partir da entrada já vale a visita.